...
banner viagem itapema
Mato Grosso do Sul

Situações envolvendo crianças e adolescentes lideram denúncias no Disque 100, em Mato Grosso do Sul

No primeiro semestre de 2021, Mato Grosso do Sul recebeu 731 denúncias na Central de Monitoramento do Disque Direitos Humanos – o Disk 100. O númer...

13/08/2021 06h00Atualizado há 1 mês
Por: Redação, Rodrigo Rodrigues
Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

No primeiro semestre de 2021, Mato Grosso do Sul recebeu 731 denúncias na Central de Monitoramento do Disque Direitos Humanos – o Disk 100. O número representa mais da metade do registrado em todo o ano de 2020, quando 1099 queixas foram registradas.

Conforme os números, situações envolvendo crianças e adolescentes lideram com 367 denúncias, seguida dos idosos (298), pessoas com deficiência (38), mulher (14) situação de rua (1), LGBT (3), pessoas com restrições de liberdade (7) e outros (3). A categoria índio e negro não teve registro de denúncias.

A secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia Nobre, destaca a importância das denúncias para a elaboração de políticas públicas que diminuam esses números. “Esse acompanhamento dos dados do Disque 100, por nossa equipe da Superintendência da Política de Direitos Humanos, é fundamental e nos dá uma perspectiva para direcionarmos as políticas públicas em prol da diminuição desses números. É lamentável que ainda tenhamos no topo das denúncias as violências contra crianças, adolescentes e pessoas idosas. Mas isso também mostra que a sociedade está observando mais e disposta a denunciar”, pontuou.

Disque 100 –O canal foi criado para receber denúncias de situações de violação de direitos humanos que acabaram de acontecer ou estão em curso para que órgãos competentes sejam acionados, possibilitando o flagrante. As ligações são gratuitas e o serviço funciona 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados.

Além do Disque 100, as denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp, (61) 99656-5008. Os dados são sigilosos.

Joilson Francelino, Subcom

Foto: Monique Alves

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.