...
banner viagem itapema
Mato Grosso do Sul

SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a  Rochedo, com temas de saúde e educação  

A programação da Campanha Julho das Pretas, que é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para ...

20/07/2021 17h45
Por: Redação, Rodrigo Rodrigues
Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A programação da Campanha Julho das Pretas, que é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial (SubsRacial) chegou ao município de Rochedo nesta terça-feira (20). No período da manhã foi realizado seminário com a temática “Afeto, autocuidado e saúde das mulheres negras” e, à tarde, foram realizadas oficinas e roda de conversa com educadores da Rede Municipal de Ensino. 

Durante o período matutino, a técnica da Subsracial, Nilda da Silva Pereira, que é mestre e doutoranda em educação e pós doutorada em sociologia política, promoveu com o público em geral o seminário “Afeto, autocuidado e saúde das mulheres negras”, com o objetivo de sensibilizar os responsáveis pelo desenvolvimento de políticas públicas sobre a importância de se ter o olhar atento ao atender mulheres pretas. 

“Pelos locais de difícil acesso que moram, as mulheres pretas são as que menos têm saúde no Brasil. Elas possuem problemas em específico como, por exemplo, a anemia falciforme. Por isso, dizemos que elas não têm afeto, cuidado e até o diagnóstico pode demorar porque ela cai numa fila comum de atendimento na saúde pública”, explica Nilda da Silva Pereira, que também trabalhou o racismo institucional, para que esta prática não ocorra nas escolas. 

Durante a tarde, a SubsRacial promoveu oficina, dividida em dois momentos, com gestores e profissionais da Rede Municipal de Educação. Inicialmente, o público participante foi indagado sobre “a Lei 10.639 e a diversidade na escola brasileira”, inclusive respondendo perguntas sobre racismo, o enfrentamento cotidiano de racismo na escola. 

No segundo momento da oficina, foi discutido sobre o que dizem as leis, inclusive a Lei 10.639, em relação ao racismo, como trabalhar o tema na educação infantil, ensinos fundamental e médio. Também foi apresentado um breve histórico do Movimento Negro no Brasil, debate sobre discriminação, preconceito racial e racismo, além de discussão sobre raça, gênero e desigualdades. 

A SubsRacial contou com a parceria do Organismo de Políticas Públicas para as Mulheres (OPM), em Rochedo. A coordenadora, Margarethe Lara, destaca que, além de esclarecimentos aos participantes da palestra e da oficina, a troca de experiências também acaba disseminado. “Com estes encontros conseguimos formadores de opinião, gente que possa levar as políticas públicas, as ferramentas e noções dos direitos para outras pessoas”, diz. 

A subsecretária de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, Ana José Alves, destaca que Rochedo tem uma expressiva população quilombola para Mato Grosso do Sul. “Esta parceria com o município é muito importante para todos. Inclusive, lá tem um frigorífico que emprega muita mão de obra de mulheres negras”, frisa. 

O encontro em Rochedo teve apoio do prefeito Juninho Ribeiro (PSDB), secretário municipal de Assistência Social, Padre Luís Gustavo, e do secretário de Educação Marcos Larreia. 

Julho das Pretas 

O dia 25 de julho se estabelece como Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. No Brasil a Lei nº 12.987, de 02 de julho de 2014, instituiu o dia 25 de julho como Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Tereza de Benguela foi uma importante líder quilombola que, após a morte de seu companheiro José Piolho, se tornou a rainha do quilombo de Quariterê, onde habitavam negros e indígenas, localizado no Vale do Guaporé (MT), entre 1750 e 1770.  

No âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul, o Dia Estadual das Mulheres Negras foi instituído pela lei nº 5.254, de 17 de setembro de 2018. 

No dia 29 de julho, a partir das 15h, será realizada uma roda de conversa, com transmissão ao vivo pelo facebook.com/SubsRacial, para apresentação das ações realizadas em julho e ainda com participantes que debaterão sobre “a violência doméstica e os impactos da Pandemia na Saúde da População LBT". 

Eliane Ferreira, SubsRacial

Foto: Divulgação

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Nova Alvorada do Sul - MS
Atualizado às 09h52
26°
Poucas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 17°
26°

Sensação

18.7 km/h

Vento

22.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Academia Vip
Últimas notícias
Mais lidas
Anúncio
Anúncio