Web Radio ADM NAS - Acesse: webradioadmnas.com.br/
Cursos 24 horas 3
De olho

Após “chamada” do Procon, empresa decide baixar preço da placa Mercosul

Órgão investiga se há sobrepreço e formação de cartel por parte das emplacadoras na Capital

04/02/2020 11h50
Por: Redação, Rodrigo Rodrigues
Fonte: Anahi Zurutuza e Danielle Errobidarte/Campo Grande News
Procon notificou empresa estampadora de placa Mercosul em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Procon notificou empresa estampadora de placa Mercosul em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Depois que o Procon (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor) notificou as empresas que confeccionam a placa Mercosul para explicar os preços, com variação de 7% e entre os mais caros do Brasil, a GR Placas decidiu baixar o preço. A empresa cobrava R$ 300 pelo par e vai reduzir o valor. A partir da tarde desta terça-feira (4), passará a arrecadar R$ 272 pelo emplacamento.

O anúncio foi feito no fim desta manhã após reunião na sede do Procon, na Rua 13 de Junho. As outras três empresas que operam em Campo Grande ficaram de “fazer conta” para conferir se é possível reduzir o valor e para quanto.

“Eles vão ter de tirar do lucro. Convocamos esta reunião para estimular a redução de preço”, disse do superintendente do órgão de defesa do consumidor, Marcelo Salomão.

O chefe do Procon afirma que o próximo passo é fazer o levantamento sobre o custo da chapas quando saem da fábrica até a chegada ao consumidor final. A superintendência investiga se há sobrepreço e formação de cartel na Capital.

Tabela de preços antiga de estampadora que decidiu reduzir valor para R$ 136 (Foto: Henrique Kawaminami)

Detalhes - A FS Placas deixou a reunião prometendo fazer análise de custos e dar uma resposta ao Procon ainda hoje. A MS Placas não garantiu que vai reduzir o preço, mas também se comprometeu a dar retorno nesta terça.

Já a Íons Placas prometeu reduzir, mas não falou em valores. O advogado da emplacadora, Ewerton Bellinati, disse que a equipe está debruçada sobre planilhas “para ver de onde podem tirar”.

Preços – Até esta manhã, em Mato Grosso do Sul, o par de placas variava de R$ 280 a R$ 320 – no valor individual, a variação era de R$ 140 a R$ 160. Hoje, o menor valor é de R$ 136 por chapa.

No Paraná, por exemplo, o preço do par vai de R$ 160 a R$ 200 – de R$ 80 a R$ 100, o valor unitário. O Detran de São Paulo sugeriu teto de R$ 138 para as emplacadoras.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Anúncio
DENGUE
Municípios
Academia Vip
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio