Cursos 24 horas 3
CCR MSVia

CCR MSVia alerta: trechos em pare-e-siga exigem atenção do motorista

Todos os trechos estão sinalizados. Em caso de chuvas, as obras serão suspensas.

21/08/2019 12h43Atualizado há 3 meses
Por: Redação, Rodrigo Rodrigues
Foto: Arquivo/Nova Alvorada News
Foto: Arquivo/Nova Alvorada News
A CCR MSVia informa os pontos da BR-163/MS em que estarão acontecendo operações pare-e-siga em virtude de obras e serviços com interferência no tráfego. Nesses locais, uma das faixas é interditada para a realização de obras e serviços de melhoria, enquanto o fluxo de veículos segue pela outra, de maneira alternada, nos sentidos Norte e Sul da rodovia.

O Serviço de Atendimento ao Usuário – SAU alerta aos motoristas para que fiquem atentos e redobrem a atenção na proximidade desses trechos e respeitem a sinalização.

Pontos com desvios no tráfego:

São Gabriel do Oeste – entre os kms 640 e 639, entre os kms 629 e 628 e entre os kms 600 e 598;
Dourados – no km 276 e entre os kms 263 e 261;

Pontos com pare-e-siga:

Pedro Gomes/Coxim – entre os kms 772 e 770 e entre os kms 736 e 735;
Campo Grande – entre os kms 488 e 487;
Rio Brilhante – entre os kms 345 e 344;
Dourados – no km 247;
Caarapó – entre os kms 239 e 238;
Juti – entre os kms 153 e 152;
Naviraí – entre os kms 149 e 147 e entre os kms 139 e 137.

Todos os trechos estão sinalizados. Em caso de chuvas, as obras serão suspensas.

A CCR MSVia alerta que o cronograma de obras e serviços é dinâmico, ou seja, outros pontos de intervenção com pare-e-siga ou desvio de tráfego podem ocorrer ao longo do dia. Acompanhe a evolução da situação de tráfego da BR-163/MS por meio do site www.msvia.com.br em tempo real, ou ligue para o Disque CCR MSVia pelo 0800 648 0163 (ligações gratuitas, inclusive para celulares).
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários