...
banner viagem itapema
Mato Grosso do Sul

“Mato Grosso do Sul plantou e colheu”, diz Yeltsin, dono de dois ouros nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020

Dono de duas medalhas de ouro no Atletismo dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, conquistadas nas provas de corrida de 1.500 e 5.000 metros (class...

08/09/2021 14h20
Por: Redação, Rodrigo Rodrigues
Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Dono de duas medalhas de ouro no Atletismo dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, conquistadas nas provas de corrida de 1.500 e 5.000 metros (classe T11, para deficientes visuais), o paratleta campo-grandense Yeltsin Jacques percorreu a Capital de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (8) em uma carreada que reuniu familiares, amigos e fãs do esporte. No final do percurso, na Governadoria, ele se reuniu com o governador Reinaldo Azambuja e destacou a importância de políticas públicas voltadas ao esporte.

"O que se planta se colhe. O Governo do Estado plantou. O Mato Grosso do Sul plantou, colheu grandes resultados e vamos colher ainda mais", afirmou o medalhista paralimpíco, que é atendido pelo Bolsa Atleta, da Fundação de Desporto e Lazer do Estado (Fundespore). O programa paga auxílio mensal de até R$ 1,5 mil mensais para esportistas das mais diversas modalidades.

"Cada vez mais o Governo tem acreditado em nós e no esporte. O Bolsa atleta é fundamental. O Mato Grosso do Sul tem essa lei que apoia, que fundamenta e dá base, tanto para os atletas quanto para os treinadores e o pessoal de apoio. E o resultado está aqui (mostrando as medalhas). Esse é o primeiro governo que tem olhado realmente para o esporte, acreditado e investido. E o investimento é pesado. Fico muito feliz e honrado de representar o Bolsa Atleta de dar essa honra para nosso Estado", completou.

Na agenda com o governador Reinaldo Azambuja, Yeltsin Jacques foi homenageado pelo Governo de Mato Grosso do Sul com uma placa que o parabeniza pelas conquistas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. "Trabalho, dedicação e perseverança", diz o objeto. O paratleta ainda recebeu o troféu "Prêmio destaque do ano" concedido pela Fundesporte.

No encontro, Reinaldo Azambuja e Yeltsin Jacques conversaram, por chamada de vídeo, com o também paratleta Fernando Rufino de Paulo, que conquistou a medalha de ouro na prova de 200 metros de paracanoagem, classe VL2 (canoa havaiana para atletas com deficiência física). Natural de Eldorado, no Sul de Mato Grosso do Sul, Cowbow do Aço, como Rufino é conhecido, também é bolsista do Bolsa Atleta. 

Mais recursos

Atualmente, 270 profissionais do esporte recebem o auxílio do Bolsa Atleta e do Bolsa Técnico em Mato Grosso do Sul. Por ano, o setor do esporte recebe do Governo do Estado 2,7 milhões de investimentos. Para o ano que vem, o governador Reinaldo Azambuja anunciou a ampliação do programa. "Vamos criar mais uma bolsa para os atletas de alto rendimento ampliar o número de beneficiários do Bolsa Atleta e Bolsa Técnico. Com isso, vamos em dobrar o número de bolsas. Ou seja, vamos conseguir atender mais pessoas", anunciou.

Segundo o governador, ainda em setembro, editais para liberação de recursos na área do esporte, nas mais diversas modalidades, serão lançados pela Fundesporte. "Um grande investimento para todas as federações e clubes, para poder potencializar as atividades esportivas", emendou Reinaldo Azambuja. 

Ele ainda ressaltou que o Estado investe na construção de duas pistas de Atletismo de padrão olímpico nas cidades de Ponta Porã e Chapadão do Sul, além da pista já entregue em Campo Grande, em parceria com a Prefeitura Municipal. O governador também reforçou a construção de arenas esportivas em todas as 79 cidades de Mato Grosso do Sul, a reforma do Estádio Morenão e edificação da nova piscina olímpica no Parque Ayrton Senna, na Capital. "Quando se desenvolve políticas públicas os resultados aparecem", pontuou Reinaldo Azambuja.

Bruno Chaves, Subcom

Foto destaque: Saul Schramm

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.