Homem acusado de violentar duas mulheres em Nova Alvorada do Sul é preso pela Polícia Civil

Por Redação 21/09/2018 - 19:47 hs

Homem acusado de violentar duas mulheres em Nova Alvorada do Sul é preso pela Polícia Civil
Foto: Reprodução facebook

Um homem de 24 anos, suspeito de estuprar duas mulheres em menos de uma semana em Nova Alvorada do Sul, foi preso pela Polícia Civil.

O autor foi identificado sendo, Renato Willian, residente em Nova Alvorada do Sul. O jovem de 24 anos é suspeito de ter cometido um estupro na noite de quarta-feira (19), e está sendo acusado de cometer outro estupro no dia seguinte, também no município, crime confessado pelo mesmo.

Conforme o depoimento da primeira vítima, na quarta-feira (19), a mesma teria saído a noite do Colégio onde estuda e seguia para sua casa, caminho que realiza todos os dias, quando já próximo de sua residência passou por um veículo Gol de cor preta, e a poucos metros a frente do veículo, um homem chegou por trás, colocou a faca em seu pescoço e falou para que entrasse no referido veículo.

Conforme descrito no boletim de ocorrência, a Vítima disse que entrou no veículo sob a ameaça de ser ferida e foi levada pelo autor para um lugar próximo ao bairro Vacilio Dias, onde foi violentada sexualmente. A jovem disse ainda em depoimento que só conseguiu fugir após pegar uma pedra e atingir o acusado na cabeça.

No dia seguinte, Renato é suspeito de violentar outra mulher.

O fato ocorreu na noite de quinta-feira (20), quando outra jovem, uma estudante de 16 anos foi abordada pelo autor. Conforme depoimento da vítima a mesma teria saído da Escola Estadual Antônio Coelho durante a noite, e estava voltando para casa, quando ao passar em frente a uma casa em construção abandonada, saiu de forma repentina o suspeito, que desta vez usava uma touca ninja na cabeça e portando uma faca a abordou e a arrastou para uma parte escura da construção.

A vítima relatou que conseguiu desarmar e empurrar o autor, se desvencilhando do mesmo e saiu correndo na rua. Após chegar em casa a vítima explicou o fato aos familiares e que de imediato seu esposo saiu pela rua e avistou uma viatura da PRF parada no Hospital Municipal, onde foi passado os fatos aos policiais que se deslocaram ao local e encontraram um aparelho celular, sendo que de posse do aparelho celular os Policiais conseguiram identificar o suspeito.

O suspeito dos estupros foi preso em flagrante, por Policiais Civis e Rodoviários, escondido na casa de um familiar. Após ser indagado, Renato confessou o crime e mostrou onde havia escondido a faca usada no crime.