Denúncia levou Policia à descoberta de carregamento de maconha em fundo falso de caminhão de Nova Alvorada do Sul

Em segunda grande apreensão dos últimos dias, maconha interceptada em Nova Andradina totalizou mais de duas toneladas

Por Redação 16/11/2017 - 19:16 hs

Denúncia levou Policia à descoberta de carregamento de maconha em fundo falso de caminhão de Nova Alvorada do Sul
Motorista (à direita) e casal residente em Ponta Porã foram presos na ação - Foto: Nova News

Uma denúncia foi o pivô da operação deflagrada pela Força Tática de Nova Andradina que culminou com a apreensão de mais de duas toneladas de maconha. Três pessoas, incluindo uma mulher, foram presas na ação.

Ao contrário da informação inicialmente divulgada, o flagrante aconteceu nessa quarta-feira (15) após a denúncia de que um caminhão estava parado em atitude suspeita às margens da BR-267, na altura do Km 152. Segundo o denunciante, o motorista de um caminhão Mercedes Benz, com placas de Nova Alvorada do Sul (MS), permanecia no meio da vegetação se mantendo afastado do veículo.

Em posse da informação, a Força Tática manteve contato com a base da PRF (Polícia Rodoviária Federal) de Nova Casa Verde para dar suporte à ação. Um veículo descaracterizado foi utilizado pelos policiais militares para localizar o veículo e realizar o monitoramento.

Instantes depois, os policiais constataram durante o monitoramento a aproximação de um veículo Chevrolet Cobalt composto por dois ocupantes, sendo uma pessoa do sexo masculino e outra do sexo feminino. Na sequência, o veículo parou em frente do caminhão e saiu em meio à vegetação uma pessoa do sexo e conversaram por alguns instantes, em seguida, o Cobalt retornou para Nova Casa Verde.

Diante da suspeita, os policiais mantiveram contato com o restante da equipe da Força Tática que já se encontrava no Distrito de Nova Casa Verde para realizar a abordagem do veículo Cobalt que não atendeu as ordens de parada, e seguiu em alta velocidade rumo ao distrito.

Buscam passaram a ser iniciadas e algum tempo depois foi verificado que o caminhão havia sido posto em movimento e também seguia em direção à Nova Casa Verde de maneira bem lenta, indicando que estava com problemas mecânicos.

Após uma rápida parada no distrito, o motorista do caminhão rumou sentido a Bataguassu e escolhido como local da abordagem o Posto Fiscal de Nova Porto XV, já que o caminhão estava com carga e teoricamente teria que parar para fiscalização e assim foi feito.

Durante a abordagem, os policiais identificaram Vicente Alves de Sena Filho, de 58 anos, como condutor do caminhão, e que demonstrou nervosismo diante dos policiais. No veículo carregado com carga de sucata, foi encontrado um fundo falso com os 2.160 quilos de maconha.

Questionado sobre o veículo Cobalt, o motorista afirmou que os ocupantes se tratava do casal contratante para o transporte. Em continuidade à ação, os policiais verificaram que o veículo observando à distância a abordagem ao caminhão.

Frede Rene Escalante Caramillo, de 42 anos, e Edilaine Nunhes dos Santos, de 31, ambos moradores em Ponta Porã (MS) foram presos em seguida após ser constatada a ligação com o motorista do caminhão. Os três acusados foram trazidos para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina.

Segundo o site Nova News, a droga, contabilizada nesta quinta-feira (15), já foi incinerada devido à falta de espaço para armazenamento na 1ª DP. A droga foi pesada pela manhã em uma empresa de Nova Andradina.

Nova News